Campeão olímpico pela Seleção Brasileira de Vôlei assume projeto esportivo em Jurerê Internacional

19 de Maio de 2017

O campeão olímpico pela Seleção Brasileira de Vôlei, Paulo André Jukoski da Silva, o Paulão do Vôlei, acaba de assumir o cargo de Diretor Esportivo do Jurerê Sports Center - Centro Esportivo e Artístico, de Jurerê Internacional, em Florianópolis. Ele utilizará toda a sua experiência - 23 anos de carreira, sendo 15 na Seleção - para implantar um projeto focado no fortalecimento da cultura esportiva em diversas modalidades.

“O convite me deixou muito feliz, pois poderei me dedicar de coração a um antigo sonho de aplicar toda a minha experiência na área. Pretendo transformar o Centro Esportivo num polo de referência em esportes de base”, afirmou. O trabalho irá abranger as várias modalidades que já são praticadas no clube, como tênis, ginástica, beach tênis e futebol, mas com atenção especial ao vôlei, inclusive com a criação de equipes de areia e quadra. “Vou desenvolver parcerias para implementar o que há de melhor para a prática desportiva", explicou.

O objetivo é focar no esporte educativo, ou seja, utilizar a prática física como elemento formador da cidadania. As ações vão iniciar com público a partir dos quatros anos de idade, com a “creche esportiva”, onde as crianças serão apresentadas ao esporte e cativadas por meio de atividades recreativas. Dos 8 aos 11 anos haverá iniciação a modalidades específicas, e a partir dos 12 anos, os alunos ingressarão nas escolinhas, onde irão aperfeiçoar as técnicas nas modalidades onde mais se destacam.
 
O projeto terá também cunho social, com o acesso de estudantes de escolas públicas que sejam de famílias de baixa renda. “Vamos buscar parceiros que queiram viabilizar a participação destas crianças, ajudando com os custos de treinamento, transporte, alimentação e uniforme”, explicou Paulão. Para os jovens de Florianópolis e região será uma oportunidade única de poderem ser monitorados por um dos grandes nomes do vôlei mundial – um primeiro passo para uma carreira de sucesso na modalidade. “O vôlei brasileiro é referência no mundo. As categorias de base têm mercado garantido nas equipes no exterior, pois temos uma cultura vitoriosa”, afirmou o diretor.

Outro objetivo do campeão olímpico é a valorização do professor de Educação Física. “Foi um profissional desta área que me apresentou ao vôlei e agradeço a ele tudo o que conquistei. Eles são muito importantes na sociedade, mas ainda pouco valorizados. Aqui eles terão as portas abertas”, apontou. A ideia é apoiar os projetos dos próprios profissionais da área e oferecer qualificação. Paulão quer ainda uma maior aproximação com os cursos de Educação Física nas universidades. “Os estagiários poderão aplicar seus conhecimentos e trocar experiências com os profissionais que atuam no local”, garantiu.

O segmento de Coaching Esportivo e PNL (Programação Neuro Linguística) também será implantado. “Vamos promover cursos nesta área em que tive experiências maravilhosas. Irei trazer excelentes profissionais em desenvolvimento humano para Florianópolis, transformando o Centro Esportivo de Jurerê Internacional numa referência no assunto”, afirmou.

A CEO de Jurerê Internacional, Andrea Druck, explica que o objetivo da contratação de Paulão é dar um novo impulso ao clube esportivo. “Queremos transformá-lo num polo de excelência e alta performance física, esportiva, artística e funcional. Nosso objetivo maior é oferecer a pessoas de todas as idades a possibilidade de desenvolvimento pessoal e humano que só os desafios e experiências esportivas e artísticas conseguem propiciar”, ressaltou.
 
Antes de assumir o cargo no Jurerê Sports Center, Paulão estava atuando como técnico da equipe de vôlei do Bento Gonçalves (desde 2015). O seu currículo é de peso com participação em três olimpíadas como atleta, e outras três a trabalho, sendo a última no RJ como comentarista. Além disso, conquistou dezenas de troféus de campeão a níveis internacional, nacional e regional. Foi capitão da Seleção na Olimpíada de 1996 e considerado o segundo melhor bloqueio do mundo e o melhor do Brasil.

Gerenciou clubes de vôlei, foi diretor no Ministério dos Esportes (1999 a 2002) e atuou na Copa do Mundo FIFA 2014 (como Gerente Geral), na Confederação Brasileira de Vôlei, Conselho Nacional de Esportes, Conselho Nacional de Atletas, Comitê Olímpico Brasileiro, Fundação Banco do Brasil e em vários municípios. Já realizou mais de 400 palestras pelo Brasil, contando as suas experiências de atleta e gestor, e desenvolve temas com enfoque motivacional no trabalho em equipe. Realizou trabalho de comentarista de vôlei na SPORTV, RBS, TVCOM e Rádio Gaúcha.