Coluna Carlo Manfroi | 49 Educação e minha experiência com a Stanford em Florianópolis

18 de Setembro de 2019

Aprendendo com cases de Google, Youtube, Uber, entre outros,

 

Launch your Startup
Participei do workshop Launch your Startup com o professor Bret Waters, da Stanford University, promovido pela 49 Educação, em Florianópolis.

 

49 Educação
A 49 Educação surgiu da iniciativa do professor e empreendedor Leandro Piazza, que já aplicava metodologias ativas no processo de educação de seus alunos nas disciplinas que ministra na Unisul.

Baseado nisso, Leandro buscou conhecimento dentro e fora do Brasil, passando a morar um semestre no Vale do Silício, na Califórnia (EUA), onde estudou a fundo a relação entre startups e o ambiente educacional.

O resultado foi o lançamento da 49 Educação, focada em desenvolver empreendedores através das mais atuais metodologias que estão dando certo mundo afora.

 

Workshop com  Bret Waters
Assim, passamos o sábado reunidos em mais de dez grupos na ACATE – Associação Catarinense de Tecnologia, em Florianópolis, orientados pelo professor Bret Waters e pela equipe da 49 Educação para aprender praticando – mão na massa!

O dado inicial para os trabalhos veio de uma pesquisa que indica que cerca de 25% das pessoas morrem no mundo por doenças que poderiam ter sido evitadas através de atitudes preventivas.

A partir daí, identificamos exemplos e similaridades com esses dados em nosso grupo de amigos, familiares, conhecidos, e passamos a desenvolver alternativas para solucionar essa dor.

Como resultado tivemos blocos de respostas parecidas por grupo, que tornaram a visão geral mais rápida e simplificada do problema, ajudando no encaminhamento da solução.

 

Cases globais
Aprendendo com cases de Google, Youtube, Uber, entre outros, passamos a criar, agir e desenvolver propostas de maneira muito mais dinâmica, criando no próprio workshop um aplicativo para auxiliar na prevenção das doenças e no combate ao sedentarismo: o LIFE.

Mas não pense que foram apresentados apenas cases de sucesso e caminhos formidáveis a serem seguidos. Nada disso. Conhecemos também exemplos que inicialmente não deram certo e que poderiam tranquilamente habitar o abismo das startups que não prosperaram, não fosse a capacidade de seus mentores de pivotar o projeto.

 

Grandes já erraram muito
Entre elas, temos o YouTube, cuja ideia inicial era um site de vídeos para encontros. A Uber, que tinha em seu conceito ser uma companhia com frota própria de táxis. O Instagram, que nasceria como um aplicativo de check-in similar ao Foursquare e com o nome de Burbn. O Twitter, quer era para ser uma plataforma de flash podcasting. E o Slack que seria um studio de videogame.

 

Siga em frente
Como dá para ver no rumo atual dessas empresas, nada saiu como o programado inicialmente. Mesmo assim, seus fundadores tiveram perseverança para seguir em frente, mudar e adaptar o conceito original para algo que fizesse mais sentido para as pessoas e hoje estão aí, do jeito que conhecemos. Com abrangência global, faturamento astronômico e sendo ícones da nova economia.

 

Algo que as pessoas precisem
Não dá para tirar apenas uma lição dessa aula magnífica do professor Bret Waters. Mas alguns tópicos se sobressaem. Entre eles, “faça algo que as pessoas precisem”. É muito simples, e provavelmente você esteja dizendo “isso eu já sei”. Mas se os fundadores das grandes empresas citadas acima não tivessem deixado o orgulho de lado e mexido na ideia original, atendendo ao desejo do público, hoje provavelmente suas empresas não estariam no ponto em que estão.

 

Concluindo
Tenha uma boa ideia de algo que as pessoas precisem.
Não tenha medo de mudar no meio do caminho (pivotar).
Capriche na execução.
E capriche de novo.
E mais uma vez.
Siga assim!
;)

colunista do acontecendoaqui em aula com professor de stanford

Carlo Manfroi

  • imagem de cmanfroi
    Carlo Manfroi é publicitário, pós-graduado em marketing interativo, CEO da Qualé Digital, consultor, escritor, professor de pós-graduação especialista em gerenciamento de crise e branding. Email: carlo@qualedigital.com – www.qualedigital.com