A criatividade continuará sendo uma vantagem competitiva? #CannesLions

17 de Junho de 2019

Scott Belsky, Chief Product Officer da Adobe, e as razões em que o futuro não tornará a criatividade obsoleta.

 

 

Será que ser criativo continua sendo uma vantagem competitiva em nossa indústria? Ou as inovações e produtos tecnológicos tomaram conta do cenário e a criatividade foi deixada de lado?

No seminário da Adobe no Cannes Lions 2019, o Chefe de Produtos da Adobe apresentou algumas razões para defender que a criatividade continua sendo uma ferramenta indispensável para o sucesso das marcas.  
“As marcas inteligentes ainda percebem que a criatividade continua sendo um diferencial competitivo e suas mudanças refletem em nossa cultura”, citou Belsky.  

Por outro lado, na medida em que as marcas constróem seus músculos e equipes criativas, há também seus obstáculos e desafios: queda de velocidade de conteúdo, ascensão de novas mídias e as tentativas de criar suas ações para marcas em grande escala. 

As marcas criam significado para coisas que não existiam antes

As novas tecnologias como inteligência artificial, assistentes de voz e criação de conteúdo em 3D ajudaram a elevar o nível da criatividade para solucionar algumas das questões que comprometeriam o futuro da criatividade.  Através da ativação em tempo real, não há limites para o uso da criatividade. “Uma pessoa poderia ser uma marca, assim como uma marca poderia ser uma pessoa”. 

Outro ponto levantado no seminário foi relacionado com o crescimento da criatividade em conjunto através de documentos partilhados ou ferramentas compartilhadas da Adobe. A criatividade deixou de ser uma tarefa individual onde não existe mais o jargão “eu sei fazer” e se torna mais colaborativa entre as pessoas.

O futuro da criatividade promete ser muito mais colaborativo do que individual, onde a criação em grupos vai gerar muito mais valor para as marcas. A criatividade não se tornará obsoleta e você pode construir aquilo que você acredita ser uma grande ideia e desenvolver de várias maneiras.

Não espere pelo futuro. O sucesso aparece depois de várias repetições e erros até o momento que você avalia que ficou bom.

É preciso continuar tendo riscos para desenvolver a criatividade. Continuar imaginando e improvisando a cada momento para fazer com que a criatividade continue sendo única e necessária, tanto no presente, quanto num futuro próximo.