Cannes 2019 | Vencedores em Brand Experience & Activation, Creative eCommerce e Creative Effectiveness

20 de Junho de 2019

Brasil aparece com um Prata e um Bronze

 

 

Nesta quinta-feira, 20/6, aconteceu a coletiva de imprensa para apresentação dos ganhadores do Experience Track e Impact Track categorias Brand Experience & Activation, Creative eCommerce e Creative Effectiveness, que foi mediada por Phiip Thomas, Chairman do Cannes Lions. Philip começou apresentando os presidentes dos júris das categorias premiadas hoje:

Daniel Bonner, CCO Global da Wunderman, presidente do júri de Creative eCommerce

Jaime Mandelbaum, CCO da VMLY&R, presidente do júri de Brand Experience & Activation

John Seifert, Chefe Executivo Mudial da Ogilvy, presidente do júri de Creative Effectiveness

 

 

Brand Experience & Activation
A sessão começou com Jaime Mandelbaum, presidente do júri da categoria afirmando que notou algumas tendências na categoria como inclusão e questões de gênero. Ele destacou o fato que as marcas estão tomando ações na resolução desses problemas e não somente abordando o tema.

Ele disse que essa foi uma tendência geral na categoria. Jaime salientou que as marcas estão fazendo esse trabalho de maneira plausível.

Ele citou uma outra tendência que é a de campanhas centradas na experiência do consumidor do começo ao final do processo de compra e pós-venda.

O GP foi para Changing the Game, da Microsoft pela McCann, EUA.

 

 

Jaime complementou afirmando que neste projeto não somente transforma a relação que as pessoas têm com as marcas, mas muda de maneira desproporcional a vida dos seus pequenos consumidores. Se trata de um produto que permite à crianças deficientes, que reencontram suas deficiências ao tentar jogar videogames com um Joystick comum, a serem capazes de jogar normalmente por meio de adaptadores, fazendo com que pelo menos no mundo virtual suas deficiências desapareçam, criando auto-confiança neles mesmos.

 

O Brasil ganhou uma prata com a campanha Distracted Goalkeeper, da Uber pela Tech & Soul, e cinco bronzes com The real Machado, da Universidade Zumbi dos Palmares, pela Grey; Contract Translator do Reclame Aqui, pela Grey; Burn That Ad do Burger King, pela David; Accessibility Mat, da Ford pela GTB; The Grand Finale, da Heineken pela Publicis.

 

 

Creative eCommerce
Daniel Bonner, presidente do júri de Creative eCommerce, continuou a sessão comentando que este é o segundo ano que essa categoria existe e que ela ainda está em busca da sua essência. Daniel identificou as tendências da otimização do comércio de detalhe, a possibilidade de se poder comprar de tudo, e também a tendência dos revendedores pessoais.

O Grand Prix foi para a campanha DO BLACK – THE CARBON LIMITED CREDIT CARD, da Doconomy, pela RBK Communication, Suécia.
Doconomy lançou o primeiro cartão de crédito do mundo, que ajuda os usuários a monitorar seu impacto climático e cumprir a meta de reduzir o consumo relacionado CO2 para proteger o planeta.

 

 

Daniel explicou que essa campanha ganhou, entre outros, porque ela realmente deu ao público a vontade de possuir o produto e fazer parte do movimento criado em torno dele. Com uma proposta forte a campanha cumpriu sua promessa e por isso levou o GP na categoria.

O Brasil ganhou um bronze com a campanha Air Max Graffiti Stores, da Nike pela AKQA.

 

Creative Effectiveness
John Seifert, presidente do júri de Creative Effectiveness, afirmou em sua vez que a diversidade e o paridade de gêneros entre seus jurados fez com que o julgamento fosse o mais justo possível.

Ele comentou que o júri analisou cada critério, e que eles procuravam a campanha que respondesse a todos eles. Ele comentou que nós vivemos em uma era de fragmentação e que hoje a proposta e o ponto de vista de uma marca são essenciais, além de uma profunda conexão cultural. Mas o mais importante é ser honesto e fiel àquilo que a marca acredita.

O GP foi para a campanha BLACK SUPERMARKET do Carrefour, pela MARCEL, França.

 

John elogiou o engajamento político dessa campanha e salientou que foi com muito prazer e orgulho que o júri atribuiu o Grand Prix a essa campanha.