MEMÓRIA | 66% das pessoas desejam ser inspiradas através da mídia e não forçadas a consumir.

18 de Novembro de 2016

Aconteceu durante o Cannes Lions Festival deste ano, o seminário “Umacurta mensagem em nome das 7 milhões de

Publicado originariamente em 2014-06-21

Aconteceu durante o Cannes Lions Festival deste ano, o seminário “Uma curta mensagem em nome das 7 milhões de pessoas que não estão em Cannes”, com Chuck Porter, chefe estrategista da agência MDC Partners e Chairman da Crispin Porter + Bogusky, que disse em sua palestra que o Storytelling é atualmente e será sempre o futuro da comunicação.

Durante a palestra, acompanhada pelo AcontecendoAqui, Chuck disse que com a sobrecarga de informações que recebemos diariamente através de centenas de mídias, temos o dom de decidir no clique de um botão sobre o que devemos dar a atenção e o que deve ser deixado para trás. Para captar a atenção de consumidores, as empresas estão observando ainda mais o perfil do consumidor e coletando informações sobre ele e também dados analíticos para a escolha da melhor estratégia de comunicação. “O futuro do marketing irá ter como base o conteúdo da informação que as marcas criam e como respondem aos objetivos da mensagem, tempo e lugar”, disse ele.

De acordo com a pesquisa realizada pela empresa de Chuck, 66% das pessoas desejam ser inspiradas através da mídia e não forçadas a consumir.

Três fatores fazem a diferença na busca dos melhores resultados em storytelling - uso de celebridades que possam criar um vínculo ainda maior da marca com a audiência; - participação do público; - acontecimento inesperado. Um dos exemplos apresentados por Chuck Porter foi a campanha da Turkish Airlines que foi produzida com dois astros de futebol, Kobe e Messi. Em vez de apresentar uma linguagem futebolística, os dois competiam em tirar as fotos mais sensacionais em lugares belíssimos ao redor do mundo e assim criar uma relação com a marca da companhia aérea.